33 formas de fazer uma renda extra na pandemia

Você tem fechado os meses no vermelho? Seu dinheiro não está sendo o suficiente para seu custo de vida atual? A resposta para esses problemas pode estar em adquirir uma renda extra. 

Algumas pessoas tentam seguir dicas de economia para o corte de gastos e uma melhor organização financeira, mas mesmo assim não alcançam a economia desejada. Outras começam a criar novos planos, objetivos e precisam de uma renda extra para concretizá-los.

Em muitos casos, os gastos supérfluos já foram eliminados, as dicas de economia já foram utilizadas e, ainda assim, falta dinheiro no fim do mês para o que desejamos fazer.

Se não há a possibilidade de conseguir um aumento ou outro emprego com uma melhor remuneração, a busca por renda extra, por meio de outras fontes, pode ser a melhor opção.

Buscar por renda extra não é algo novo. Há décadas, milhões de pessoas vivem com outras renda além de seus trabalhos, como bicos ou por meio de contratos temporários em épocas sazonais.

Nos últimos anos, com o desenvolvimento da internet, cresceram as alternativas para quem deseja fazer uma renda extra, muitas delas, sem a necessidade de sair de casa. 

Em 2020, a corrida desenfreada para quitar dívidas, construir reservas de emergência, investir e conquistar novos sonhos é algo que continua na mente dos brasileiros e, por isso, trouxemos 33 dicas de como conquistar sua renda extra.

Mas fique atento. Ganhar dinheiro extra pode não ser tão fácil quanto parece. Em alguns casos, investir seu tempo (e muitas vezes dinheiro) nessas atividades, necessitam de planejamento e informação para valerem a pena. Caso contrário, as dicas podem só gerar gastos em vez de lucros. 

Por isso, com as dicas nós também explicamos a visão realista sobre cada uma delas. 

Conheça as dicas da Pi: 

#1 Venda doces e salgados 

Uma das áreas que sempre possuem grande demanda é a gastronomia. Se você ou alguém da família possui habilidades na cozinha pode ser uma boa oportunidade de utilizá-las para ganhar uma renda extra. 

O fato é: todos precisam comer e você pode lucrar com esse mercado preparando alimentos em casa. Tente pegar por receitas populares e oferecer amostras grátis para atrair seus primeiros clientes. 

Doces e salgados para eventos como aniversários ou buffets são uma opção. A venda em pontos populares, como na frente de faculdades ou para pessoas do trabalho que são loucas por um doce após o almoço, também são alternativas.

Mas nem tudo é doce nessa oportunidade. É preciso ter capital para ingredientes, tempo e espaço para cozinhar, além de cuidados higiênicos e embalagens adequadas. É preciso ter uma noção dos preços, para que eles sejam competitivos e para que você não perca dinheiro ou não consiga vender. 

Para saber o preço leve em conta quanto os concorrentes cobram, quais são os custos dos ingredientes, além de custos com água, luz, gás e etc.

Então lembre-se: para ter sucesso vendendo alimentos não basta apenas saber prepará-los, mas uma vez que você viabilize o resto, poderá ter bons resultados como renda extra. 

#2 Dê aula particulares

Se você é fluente em algum idioma, como inglês ou espanhol, ou sabe alguma outra habilidade (como tocar algum instrumento), pode considerar começar a dar aulas particulares. 

Você pode dar aulas em casa ou na casa do aluno e oferecer a primeira aula gratuita para atrair alunos. Ofereça aula para crianças, jovens e adultos e suas chances de conseguir alunos serão maiores. 

Além disso, caso não tenha muito tempo ou não queira se locomover você pode dar aulas pela internet, por meio do Skype, Hangouts e outras plataformas de conferência. Isso irá permitir que você divulgue suas aulas em sites e consiga arrumar alunos independente de suas localizações. 

Alguns sites como, profes e o superprof permitem que você divulgue suas aulas. 

Caso opte por dar aulas presenciais é preciso que arrume tempo para encaixar seus alunos na agenda, além de momentos para planejar e corrigir lições. 

Lembre-se que saber algo e ensinar são coisas diferentes. Para ser um professor é preciso ter paciência e dinamismo para transmitir seus conhecimentos de forma clara. 

Além disso, há também profissionais que se dedicam exclusivamente para esse fim, e a concorrência poderá ser alta.

#3 Seja motorista de aplicativos

Uber, 99 Táxi e Cabify são alguns dos aplicativos de transportes mais conhecidos do momento. Se você tem carro pode utilizá-lo para ganhar uma renda extra, afinal, essa modalidade de locomoção tem sido cada vez mais utilizada pelas grandes cidades. 

O Uber é provavelmente uma das maiores fontes de renda extra. Qualquer pessoa com habilitação profissional, um smartphone e um carro fabricado a partir de 2008, com quatro portas e ar-condicionado pode virar parceiro da empresa.

Os ganhos irão depender das horas trabalhadas, mas essa ferramente da Uber permite aos motoristas calcularem um faturamento estimado, já líquido da taxa paga à Uber (25% para UberX) mas sem considerar os gastos com manutenção do carro.

Optar por essa opção pode ser lucrativo, mas também sair caro. Custos com combustível, desgaste do carro e eventuais multas ou acidentes devem ser levados em consideração.

Outra dificuldade é a oferta imensa de motoristas atualmente. Segundo dados do IBGE, 200 mil brasileiros se juntaram às plataformas de transporte entre 2018 e 2019 e quase 70% dos motoristas atuam, no mínimo, 40 horas por semanas. Em outras palavras, a concorrência é alta. 

Para quem tem uma rotina cheia e trabalha o dia inteiro, se tornar motorista pode ser pouco produtivo. Lembre-se que você terá de encarar um trânsito exaustivo, motoristas imprudentes e estará sujeito a acidentes. Então, considere duas vezes se realmente vale a pena, de acordo com a sua situação, optar por essa opção.

#4 Revenda produtos online

Com a criação da internet e a expansão da utilização das redes sociais, se tornou relativamente fácil abrir um comércio online. Basta criar uma página, ou um perfil em redes sociais como Instagram ou Facebook, e divulgar seus produtos. 

Que produtos? Atualmente você consegue ter fácil acesso para produtos vendidos online em montantes, como no Mercado Livre, Aliexpress ou Wish. Essas são alguns mercados online que te permitem a compra em atacado para revenda online. 

Além disso, se você mora em grandes centros urbanos, há sempre a possibilidade de fazer compras presenciais de roupas ou acessórios para revender também. 

Os desafios mais óbvios são: quanto você precisará investir? Onde irá comprar? O que você vai vender que as pessoas precisam? 

Uma vez respondidas essas questões, você cria o logo e o nome da sua marca e pronto. Pode começar a vender produtos online. Lembre-se que você precisará investir tempo e capital nesse projeto, então, avalie se será uma boa opção para você.

#5 Comece a investir

Começar a investir seu dinheiro é uma boa forma de vê-lo multiplicar. Para isso é necessário que você tenha um capital reservado, o que você provavelmente pode não ter por estar lendo essa matéria. 

Mas a ideia é: assim que você conseguir guardar dinheiro pode começar a investir e fazer com que ele comece a trabalhar por você. 

Atualmente, algumas plataformas, como a Pi, oferecem investimentos a partir de R$ 30, o que irá permitir com que você comece com pouco. 

É necessário que você saiba que os retornos de um investimento costumam ser proporcionais a seus riscos. Quanto mais arriscados, maiores podem ser os retornos. Isso significa que você tem de estar disposto a perder dinheiro, ou, investir em ativos com risco menores, como os de renda fixa. 

Para começar, você só precisa abrir sua conta na Pi, conhecer seu perfil de investidor, que irá ditar qual seu apetite a riscos, fazer uma TED e escolher por um investimento.

Para conhecer mais sobre o mercado financeiro você pode conferir o nosso dicionário de investimentos que explica tudo que você precisa saber para começar a investir. 

#6 Ofereça serviços 

Até aqui já deu pra perceber que você em muitos casos precisa investir em habilidades para ganhar renda extra, certo? 

Uma opção para que tem algumas habilidades como corte de cabelos, manicure, e maquiagem é oferecer seus serviços a domicílio.

Outras opções são: cozinhar, lavar, passar, costurar e etc. O importante aqui é encontrar pessoas que precisam dos serviços que você pode oferecer. 

Você pode investir em cursos que te ensinem tais habilidades, e depois começar a ofertá-las. 

A ideia aqui é a mesma: conheça seu público, sua concorrência e os preços que poderão ser cobrados, dessa forma, você poderá utilizar seu tempo livre para fazer uma renda extra. 

Para serviços de beleza, por exemplo, comece com seus amigos e vizinhos e vá expandindo seu número de clientes. Lembre-se de usar suas redes sociais para divulgar seu trabalho e os resultados alcançados, como boas fotos das unhas, cabelos ou maquiagem dos seus clientes. 

#7 Dê uma carona

Se você está acostumado a viajar com seu carro e tem assentos vazios enquanto viaja, pode ter aí uma uma oportunidade de renda extra. 

A ideia é que você ofereça caronas para pessoas que estão indo para o mesmo destino que você ou para locais próximos, e você possa cobrar por essas caronas. 

Entre aplicativos que fazem a ponte entre motoristas e as pessoas que buscam caronas está o BlaBlaCar, uma empresa que intermediá o contato entre ambos. 

Para se cadastrar no aplicativo, o motorista informa seu itinerário, seu destino, data e horário da viagem, quantos assentos possui disponíveis, onde poderá buscar pelos passageiros e o preço que deseja cobrar.

Essa opção poderá não te render uma renda extra, mas poderá custear ou baratear os custos de sua viagem, e consequentemente, diminuir seus gastos. Mas, caso você viaje bastante e com muitos assentos disponíveis, os valores cobrados poderão gerar um bom dinheiro extra. 

Entre os pontos a se tomar cuidado nesse tipo de opção é tentar conhecer mais sobre as pessoas as quais se está oferecendo carona. Tente buscar por avaliações no aplicativo ou conversar com ela antes, afinal, nunca se sabe se ela tem boas ou más intenções. 

#8 Cuide de um cachorro

Essa é uma prática de renda extra conhecida há anos e que sempre traz resultado. Atualmente existem sites que já fazem a conexão entre donos de pets e pessoas dispostas a hospedá-los por um determinado tempo.

O Dog Hero, por exemplo, é um deles. O anfitrião concorda em ter um canal de contato aberto com o dono durante a hospedagem e precisa manter a rotina de passeios e alimentação do animal.

O sites cobram taxas do valor da hospedagem e é possível encontrar diárias com diversos preços. É necessário que o anfitrião esteja disposto a ter paciência para cuidar dos animais, além de também lidar com a bagunça que ele poderá causar.

Na maioria dos sites, os usuários avaliam os cuidadores, portanto, quanto melhores as avaliações, maiores as chances de conseguir hospedagens futuras com valores mais atraentes. 

#9 Faça vídeos para o YouTube

Se você gosta de falar, domina um assunto e gosta da ideia de falar de frente a uma câmera, uma oportunidade de renda extra  é abrir um canal no YouTube e começar a postar vídeos para ganhar dinheiro com as propagandas exibidas. 

O YouTube remunera quem coloca propagandas em seus vídeos de acordo com o custo por mil visualizações (CPM) e outros fatores como a qualidade do consumo e do público. A youtuber Natalie Barbu divulgou em uma reportagem que um vídeo com 100 mil visualizações poderia lhe render entre 500 a 1000 dólares. 

Mas fazer vídeos dá trabalho, e aqueles bons que se destacam e geram muitos cliques mais trabalho ainda, especialmente para os que irão se dedicar a isso somente como forma de renda extra. 

Exige a compra de uma câmera de qualidade, habilidades de edição de vídeo, criação de roteiros criativos e outros conhecimentos técnicos. Por isso, essa opção necessita de bastante atenção para gerar uma renda extra.

#10 Alugue seu carro

Caso você tenha um carro, mas não o esteja utilizando em seu cotidiano ou não gosta de dirigir, alugá-lo pode ser uma forma de conseguir renda extra. 

Você pode disponibilizá-lo para aluguel de terceiros por meio de sites como o Moobie.

Ao se cadastrar nesse tipo de plataforma você divulga os dados do veículo, o preço da locação e a disponibilidade da agenda do carro. A partir da aprovação por meio das empresas, elas irão cobrar taxas sobre os preços de locação para assistência e seguro do veículo. 

Considere aqui o desgaste que seu veículo terá ao começar ser utilizado por terceiros e os custos de manutenção (que apesar de cobertos pelas empresas) começarão a ser maiores. Mas, se você não é apegado ao seu veículo, poderá alugá-lo para uma renda extra.

#11 Faça tradução de textos

Para quem é fluente em outros idiomas, pegar um freelancer para traduções pode ser uma oportunidade de renda extra. 

Para fazer uma boa tradução no entanto não basta apenas falar bem o idioma, mas sim ter um bom conhecimento sobre gramática. Por isso, é uma renda extra recomendada para quem trabalha diretamente com a utilização da língua, como professores. 

Essa também é uma tarefa técnica e complexa, mas que pode trazer bons resultados, uma vez que empresas pagam para tradução de artigos e livros, por exemplo, que não existem em nossa língua. 

Pesquise quais são as qualificações necessárias para atuar nessa área e os preços que são normalmente pagos para ver se é uma boa opção para você.

#12 Teste aplicativos e sites

Alguns sites remuneram usuários para testar a usabilidade de aplicativos. Elas pagam a clientes ocultos para descobrir quais são as principais barreiras que seus consumidores enfrentam ao utilizá-lo.

Outros sites, oferecem a remuneração para testarem páginas que ainda não foram ao ar para quem testá-las ajude os times das empresas a entenderem como podem tornar seus sites melhores.

Os participantes interessados muitas vezes só precisam possuir um computador com internet, microfone, no mínimo 16 anos,  ser apto a gravar sua tela do computador e fazer gravações de voz. Além disso, ele pode passar por testes para comprovar sua competência e a partir disso, irá passar a receber notificações para realizar os testes.

Geralmente, as empresas irão selecionar os perfis que se encaixam com o público alvo das páginas e produtos os quais oferecem. Muitas delas funcionam por meio de lista de espera, ou seja, o número de “testadores” é tão elevado, que não há promessa de se e quando eles serão chamados para realizarem testes.

Então lembre-se, não é possível contar com essa opção todo mês pois não há como prever quando o próximo trabalho de teste irá ocorrer.

#13 Trabalhe como afiliado 

Trabalhar como afiliado é vender produtos de terceiros pela internet. Ou seja, você pula a parte da criação do produto e apenas o comercializa online, seja ele digital (como cursos) ou físico (como acessórios).

Para trabalhar como afiliado não há muitos custos. Você se cadastra em uma plataforma de produtos, como a Hotmart, e começa a divulgar seus produtos, por meio de suas redes sociais, por exemplo.

Você irá fazer a divulgação dos produtos, e ganhar uma comissão de acordo com as compras que forem realizadas a partir do seu link, que é criado quando você se cadastra nas plataformas. 

O tempo de dedicação não precisa ser muito elevado e nem é preciso investir uma quantia inicial. Quanto mais você divulgar e mais conexões tiver em suas redes sociais, maiores serão suas chances de ganhar mais dinheiro.

#14 Alugue um quarto da sua casa

Se você estiver com um quarto sobrando em casa, você pode ganhar uma renda extra alugando esse espaço para turistas ou pessoas que vem a sua cidade para trabalho, por exemplo.

O Airbnb é uma plataforma conhecida onde é possível ofertar seu quarto para alugar, que muita gente tem utilizado atualmente. Além do valor da diária você também pode oferecer refeições e serviços como limpeza de quarto, lavagem de roupa ou serviços de guia turístico, que irão ampliar os valores cobrados.

Lembre-se de que você irá dividir seu espaço pessoal com um possível estranho. A situação pode ser divertida, agradável ou indiferente, mas também poderá gerar desconforto caso você receba um hóspede, desorganizado, mal educado ou que simplesmente não siga as regras de casa. Mas, se você estiver tranquilo com possíveis complicações, essa opção pode valer muito a pena.

#15 Seja um guia turístico

Você também pode obter uma renda extra, caso possua tempo livre, sendo um guia turístico amador para estrangeiros ou pessoas de outros estados.

Tecnicamente essa dica não se enquadra em fazer algo de forma profissional, por isso, há plataformas onlines como a Rent a Local Friend que oferecem o trabalho de ser “amigo ou companhia por um dia” para viajantes.

Nessas plataformas, os turistas escolhem os perfis com quem desejam conhecer a cidade e aproveitam as dicas turísticas. Para receber estrangeiros (a depender do perfil do viajante) o anfitrião poderá ter de saber inglês ou espanhol.

As definições sobre os passeios, meios de transportes e outros custos são negociados entre os usuários do site e seus guias, enquanto a plataforma mantém um valor para si dos preços que forem negociados.

Para quem tem disponibilidade e paciência, essa poderá ser uma boa opção de renda extra.

#16 Seja goleiro

Se você joga como goleiro e percebe que é bom no que faz, uma forma de ganhar uma renda extra é ser um goleiro de aluguel para times interessados. 

A startup Goleiro de Aluguel conecta goleiros com times que os buscam para suas partidas e em troca oferecem uma determinada quantia.

Ao fazer essa conexão a plataforma fica com uma parte do valor e o goleiro irá receber pelas partidas em que atua. Ao se cadastrar, o goleiro passa a receber notificações para convocações aleatórias ou específicas de acordo com a região de atendimento e o pagamento é feito direto ao Goleiro de Aluguel e a startup repassa o valor ao goleiro, porém a quantia vai estar disponível após 30 dias. 

#17 Venda ou revenda produtos importados 

Para os que viajam para o exterior com uma maior frequência, pode ser validado trazer encomendas para outras pessoas, em troca de receber uma porcentagem dos produtos em dinheiro. 

Alguns sites conectam pessoas que querem algo do exterior, como eletrônicos ou roupas com as que estão viajando para que elas possam fazer negócio.

No entanto viajar para fora pode ser caro. Em 2020, o dólar alcançou sua máxima histórica nominal de R$ 4,56 o que pode não ser muito atrativo aos viajantes. Além disso, a Receita Federal restringe os valores que cada viajante pode trazer em produtos de outros países. Ao ultrapassar esses valores, ele  estará sujeito ao pagamento de impostos. 

Vale lembrar que ao optar por essa opção, o viajante deve levar em conta o número de bagagens que pode despachar sem pagar por valores extras, o que poderá não compensar a porcentagem dos produtos os quais irá receber.

Dessa forma, essa dica necessita de cuidado, mas pode ser uma boa opção para viajantes que utilizam malas com espaço disponível e que conseguirão trazer produtos de acordo com o máximo estipulado pela lei. 

#18 Faça entregas/deliverys aos finais de semana

Outra opção de renda extra é a entrega de comida, documentos ou objetos por meio dos aplicativos de delivery, como Rappi, Ifood, Loggi ou Uber Eats. Você se cadastra, e usa sua moto, carro ou bicicleta para levar encomendas de um ponto ao outro de acordo com sua região.

O mercado de delivery tem crescido muito nos últimos anos, especialmente o setor de alimentos, que já movimenta mais de R$ 11 bilhões ao ano no país. A demanda por delivery é constante nas grandes cidades, principalmente em momentos de chuva ou horários de refeição como almoço e jantar que costumam ter o auge de pedidos. 

Se você está disposto a investir seu tempo de final de semana, essa pode uma boa opção de renda extra.

#19 Alugue sua vaga de garagem

Essa é uma forma de renda extra relativamente simples, onde você não precisa fazer mais nada que alugar sua vaga de garagem vazia. 

Você pode conversar com pessoas da sua rua que possuem carros e não tem onde estacionar ou estacionam em estacionamentos pagos, e oferecer valores mais baixos em sua vaga. Ou, também pode fazer isso por meio de sites intermediários que conectam você a pessoas que buscam por vagas de garagem, como o ezPark ou o ParkingAki.

A principal vantagem de buscar por essa opção por meio de intermediários são os seguros que eles oferecem e os indicadores que são capazes de avaliar um usuário por você

Essa opção pode ser para vagas mensais, ou para simples diárias, caso você possua sua casa próximo a espaços de shows, de partidas de futebol e etc. A definição do valor cobrado e a disponibilidade das vagas ficam a critério do locador e os sites cobram suas taxas por cada transação.

O perigo aqui é óbvio. A falta de conhecimento sobre a pessoa a qual está oferecendo sua vaga ou a possibilidade de manter sua casa exposta para terceiros, o que pode gerar problemas como furtos, assaltos e etc. 

No entanto, se você mora em um bairro seguro, conhece a pessoa a qual vai alugar, ou não se preocupa com eventuais problemas, essa pode ser uma opção fácil de ganhar uma renda extra. 

#20 Faça textos trabalhando como redator freelancer

Boa parte das empresas atualmente atuam com algum tipo de criação de conteúdo, sejam para seus sites, materiais internos ou mídias sociais. Dessa forma, outra maneira de ganhar uma renda extra é trabalhar como freelancer escrevendo textos para empresas. 

Existem as plataformas que conectam os redatores com negócios a busca de redatores, mas o desafio aqui é o grande mercado de profissionais de comunicação, que pode gerar uma alta competitividade pelos trabalhos. 

Se você produz textos de qualidade, com agilidade, essa opção pode funcionar com uma renda extra. 

# 21 Revenda bens usados 

Lembra aquela dica de revender coisas online? Você também pode revender roupas ou objetos os quais não utiliza mais. Ou também pode optar por sites e plataformas que permitem a divulgação de seus produtos para a venda, como é o caso da OLX.

As chances são grandes de que você ou sua família possuam bens e objetos em boas condições que não utilizam mais. Por isso, você pode desapegar desses bens e ganhar uma boa renda extra.

O maior desafio é conseguir destacar seu produto em meio aos milhares de outros anunciantes que também desejam vender seus produtos. São milhares de anunciantes todos competindo para atenção de clientes e muitos deles ainda criam anúncios pagos para conseguirem vendê-los. 

Além da competição, você ainda precisará levar em consideração as taxas que são cobradas pelas plataformas e o preço de envio dos produtos até o cliente o que provavelmente fará com que você encareça o preço do seu bem ou que diminua o valor que espera ganhar por ele. 

Outra opção também é vender seus produtos para os brechós, que são especializados em comprar e revender produtos de segunda mão, mas que provavelmente irão oferecer valores baixos para a compra de seus produtos. 

#22 Produza e venda produtos artesanais

Essa opção também funciona para os que possuem habilidades manuais. A venda de produtos feitos a mão para amigos, familiares e outros clientes pode ser uma opção de renda extra. 

Para “viver da sua arte” no entanto é necessário mais do que habilidades artesanais. É preciso cuidar do estoque de seus produtos, garantir a entrega delas e conseguir conquistar um público que deseja o que você oferece. 

Para pessoas realmente talentosas que conseguem criar peças e objetos de forma rápida, essa pode ser uma fonte duradoura de renda extra,

#23 Alugue seus objetos

Sabe aqueles itens que as pessoas precisam utilizar poucas vezes? Como ferramentas, fantasias, ternos, itens para festa e eventos e etc. Existem as plataformas que conectam pessoas que precisam desses itens com as que possuem para emprestá-los.

O Alooga, por exemplo, é um site que permite a disponibilização de tudo que sua imaginação permitir. Os preços são definidos pelo usuário e há taxas que são cobradas pelo site.

Procure por objetos em sua casa que você pode emprestar e pense nas pessoas que precisam dele, dessa forma poderá ganhar uma renda extra de forma fácil. 

#24 Venda as milhas do cartão de crédito 

Sabe as milhas acumuladas no cartão de crédito quando você realiza compras? Existem empresas que desejam comprá-las para oferecer passagens aéreas mais baratas para seus clientes.

Se você possui milhas e não pretende trocá-las por benefícios, vendê-las para essas empresas é uma opção de renda extra.

Confira algumas empresas: BankMilhas, CashMilhas, CentralMilhas,  HotMilhas, MaxMilhas.

#25 Tire e comercialize fotos 

Se você possui habilidades com a câmera, pode haver aí uma possibilidade de renda. Você pode começar a vender suas fotos para bancos de imagens ao redor do mundo.

Diversos sites pagam comissões quando fotos são vendidas a seus bancos como o: Gettyimagens | iStock, BigStock, Shutterstock, 123RF e Fotolia.

Além disso, você ainda pode cobrir eventos, como casamentos ou aniversários e cobrar pelas fotos profissionais que forem tiradas. 

Faça uma avaliação da qualidade das suas fotografias para entender o quanto você pode cobrar por elas e faça disso uma renda extra. 

#26 Use seu carro para divulgar marcas 

Você já viu no trânsito veículos cobertos por logos de empresas? Os donos desses carros muito provavelmente estão recebendo dinheiro para isso. 

Ao se cadastrar no site Momidia, por exemplo, as empresas entram em contato com você para informar em qual campanha você entrou. Basta ir ao local indicado, e a empresa irá instalar a arte no seu veículo. 

A partir disso, o carro irá permanecer personalizado por um período definido e você continuará a realizar seus trajetos normalmente. Ao término da campanha, a empresa retira os adesivos e realiza o depósito proporcional ao tempo da campanha ou ao que foi negociado.

#27 Customize roupas para vender

Camisetas com estilos personalizados poderão chamar a atenção de muita gente. Algumas opções conhecidas são estampas com imagens de filmes e séries, ou até a aplicação de brilho e lantejoulas, em diversos designs diferentes. 

Existem muitas lojas que fazem esse tipo de customização ou você pode optar por buscar na internet, por meio de blogs de moda ou vídeos no YouTube, técnicas de personalização em casa. 

A estratégia é simples: você terá o custo com as peças básicas e alguns materiais e irá revendê-las customizadas com um preço maior. A divulgação pode ocorrer por meio de uma loja online, sites, ou redes sociais. 

Essa pode ser uma opção que exiga mais trabalho e atenção, mas que poderá dar bons resultados uma vez que você pegue o jeito.

#28 Crie um blog

Se você possui facilidade para escrever e gosta de algum assunto específico como filmes, séries, futebol, música, cinema, viagens e etc, você pode criar um blog com conteúdos semanais.

Essa dica pode trabalhar junto a uma loja online ou a criação de vídeos para o YouTube, como vimos anteriormente. O importante aqui é focar na divulgação para aumentar o número de acessos. Compartilhe nas redes sociais com amigos e conhecidos e tente interagir com outros blogueiros e portais. 

Quando já tiver um bom público, comece a vender anúncios em seu blog, faça parcerias e comece a ganhar dinheiro por meio dessas propagandas.

Existem vários cursos que ensinam como criar um blog e técnicas que você pode utilizar para conseguir mais visitantes. Se aprofunde no assunto e comece. Os resultados poderão demorar um pouco e como renda extra é algo aconselhado para o longo prazo. Se você possui a necessidade de uma renda extra para já, essa pode não ser a melhor opção.  

#29 Ofereça cursos ou treinamentos online

Se você tem conhecimentos específicos em uma determinada área, você pode começar a oferecer e comercializar cursos ou treinamentos em plataformas onlines, como a Udemy ou a Hotmart.

Como na dica do YouTube, essa opção pode exigir um conhecimento mais técnico, como a criação e edição de vídeos, a criação de roteiros e planos de aula. 

Mas a depender da sua dedicação e qualidade do curso, essa dica poderá passar de renda extra para sua fonte principal de renda. 

Aqui vale a ideia de que você procure criar cursos que são muito demandados no mercado mas com pouca oferta atual. Ou seja, oferecer treinamentos únicos, que farão seu público crescer rapidamente.

#30 Preste consultoria

Se você é especialista em alguma área e consegue identificar e resolver problemas com facilidade você tem uma grande chance de fazer uma renda extra prestando consultoria na internet. 

Na pressa de conseguirem resolver um problema, muitas empresas ou pessoas físicas optam por contratar serviços de consultoria para solucionar situações específicas como: problemas financeiros, marketing digital e questões tributárias. 

Uma dica aqui para atrair clientes é que você demonstre que já alcançou bons resultados naquilo em que presta consultoria. Isso irá atrair interesse em seu serviço e suas habilidades. 

#31 Anime festas

Empresas que organizam festas e eventos infantis estão sempre à procura de animadores que fiquem responsáveis por divertir crianças. 

Você pode explorar esse mercado procurando aprender atividades diferentes como escultura em balões ou truques de mágica, por exemplo. 

Outra opção é realmente trabalhar nessa festa, como em serviços de buffet, onde você irá servir comida ou cuidar de brinquedos junto às crianças. 

Aqui, os empregadores tendem a pagar os empregados no mesmo dia, o que pode ser uma boa opção de renda extra no curto prazo.

#32 Revenda cosméticos

Diversas empresas na área de beleza sempre trabalharam com revendedores. No início, você pode vender os produtos por encomenda para começar a conquistar clientes. 

E, quando já tiver uma ampla carteira de clientes, pode criar estoques dos itens mais vendidos, um ponto de venda à pronta-entrega ou por meio de uma divulgação online.

#33 Faça playlists sob encomenda

Para os que amam músicas e estão sempre conectados com os hits do momento, há uma oportunidade de lucro na área. 

Proponha a amigos e parentes próximos a composição de playlists para suas festas e eventos, com preços consideravelmente baixos no início. 

Após ficar conhecido como o menino ou menina dos hits você poderá começar a cobrar mais caro por suas playlists e fazer disso uma renda extra pontual. 

Gostou das dicas? Lembre-se de que antes de procurar por uma renda extra é essencial que comece a cortar seus gastos para começar a guardar dinheiro. Por isso também trouxemos para você 

Gostou da matéria? Deixe seu comentário abaixo com mais sugestões de renda extra ou quais você já utiliza.

Participe da discussão

2 comentários

  1. Ganhe dinheiro recomendando filmes, músicas, restaurantes e muito mais com o APP PEOOPLE Pois , apos completar as tarefas e subir para o nível influencieencer vc já começa a ganhar … E ainda fazendo isso no conforto de sua casa e pelo celular

    Acesse o link abaixo para baixar o app e se cadastrar
    https://peoople.app/biahroliveira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.