Pesquise por hashtags, nomes e assuntos

Resultado não encontrado para: ''

Investimentos seguros: onde investir?

Francisco Holanda. 22/05/2020

Se você está começando a investir seu dinheiro agora e quer começar a pensar em opções mais lucrativas que a poupança, essa matéria é pra você: um investidor iniciante que busca por investimentos seguros para começar a descobrir o mercado financeiro. 

Mas antes de eu te apresentar a essas opções, é importante que você saiba: nenhum ativo do mercado financeiro está livre de riscos. Quando você decide aplicar seu dinheiro em um investimento, sempre existirá alguma possibilidade (mesmo que mínima) de que você sofra perdas. 

No entanto, existem sim, opções de investimentos que apresentam risco reduzido e podem te fazer começar a entender mais sobre o mercado financeiro. Esses são geralmente os investimentos classificados como renda fixa

Mas o que é renda fixa? 

Renda fixa é uma classificação de investimentos que se refere a qualquer tipo de ativo que possui regras de remuneração pré-definidas no momento da aplicação do seu capital. Essas regras, irão estipular o prazo e a forma de remuneração que você terá ao fim do investimento

Os investimentos em renda fixa são geralmente classificados em: pré ou pós-fixado

Em investimentos pós-fixados, seu rendimento é atrelado a algum tipo de indicador, normalmente o CDI. Por serem pós-fixados, o investidor não saberá previamente quanto sua aplicação irá render, pois o rendimento irá depender de como estará o indicador no vencimento da aplicação. 

Se um título pós-fixado promete 100% do CDI, no vencimento do título, atualmente ele pagaria 3% ao ano (maio de 2020). Mas, caso o valor dessa taxa se altere, o valor a ser recebido também será alterado. 

Do outro lado, os títulos prefixados têm sua rentabilidade acordada no momento da emissão do título. Por isso, o investidor saberá, no momento que aplicar, qual será o retorno exato do título escolhido, por exemplo, 7% ao ano.

Agora que você já sabe o que é renda fixa, podemos entrar nos tipos de investimentos seguros, que apresentam uma maior rentabilidade do que a poupança: 

CDB

O Certificado de Depósito Bancário, é um título de renda fixa, onde o investidor, empresta seu dinheiro a uma instituição financeira. Em troca, ele, no tempo determinado por aquele título, irá receber o valor de volta com o acréscimo de juros. 

Considere o exemplo abaixo: 

CDB prefixado
Aplicação mínima: R$ 1.000
Vencimento: 1 ano
Rentabilidade: 5% ao ano.
Liquidez: 1 dia

Perceba como é simples investir nesse ativo. Acima você já tem as informações básicas sobre ele e, sabe que em um ano, todo o valor que você investir terá uma rentabilidade de 5%.

Já a liquidez, se refere ao tempo em que demora para que você possa converter aquele ativo em dinheiro. No exemplo acima, com a liquidez em um dia, você poderá sacar seu dinheiro após um dia da solicitação. Mas essa característica, assim como as outras, podem variar. É possível que você encontre opções com liquidez apenas no vencimento, ou seja, só poderá sacar o valor quando aquele título vencer.

LCI e LCA 

As LCIs (Letras de Crédito Imobiliário) e LCAs (Letras de Crédito do Agronegócio) são títulos de renda fixa parecidos com CDB. A diferença aqui é que o investidor que aplica nesse tipo de ativo está emprestando seu dinheiro ao setor imobiliário ou agrícola, respectivamente. 

Mas a lógica é a mesma. Você empresta dinheiro a esses setores e, em troca, no período determinado, irá receber o valor aplicado com o acréscimo de juros.  

Aqui a maior diferença é de que esses títulos são isentos de Imposto de Renda, ou seja, o investidor não terá que pagar esse tributo por aplicar nesse tipo de ativo, diferentemente do que ocorre em um CDB. 

Leia mais: LCI e LCA: o que são e as diferenças entre as letras de crédito

Mas a pergunta é: o que torna os CDBs, LCIs e LCAs investimentos seguros de fato?

Todos esses títulos são garantidos pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito), uma instituição que protege os investidores em até R$ 250 mil por instituição financeira e CPF, em caso da empresa vir a falir. 

Na prática, isso significa que se você investe nesse tipo de título, mas a empresa venha a quebrar, você estará protegido pelo FGC para receber o valor investido e mais o acréscimo dos juros, em até R$ 250 mil. 

Títulos públicos 

Os títulos públicos disponibilizados por meio do Tesouro Direto, são opções de investimento onde o investidor ao aplicar, estará emprestando seu dinheiro ao governo e, assim como nos anteriores, também receberá o valor com o acréscimo dos rendimentos, no tempo determinado. 

Essa opção é considerada uma das mais seguras do país, uma vez que quem os garante é o próprio Tesouro Nacional, e dificilmente o governo deixará de honrar com suas dívidas principalmente devido a quase improvável chance de um governo vir a quebrar. 

Algumas opções de investimentos do Tesouro Direto são: 

Gostou e se interessou por algumas dessas opções de investimento? 

Aqui na Pi nós temos todas elas, disponíveis para investimento e muito mais! 

Para começar a investir, abra sua conta na Pi, faça uma TED  com o valor que deseja investir da sua conta para a Pi, escolha um produto e invista! 

Tem outros investimentos seguros onde já investe? Deixe seu comentário abaixo.

Avaliar

Obrigado por votar

Você já votou neste post

Fazer comentário

Notícias relacionadas

Investimentos a longo prazo: onde investir para o seu futuro?

Investimentos a longo prazo devem fazer parte do portfólio de qualquer investidor. Nessa matéria você conhece algumas opções de ativos para isso.

Esse é o momento de ser conservador? | DLM Invista

Em um dos períodos mais conturbados dos últimos anos na bolsa, seria hora de voltar as atenções para a renda fixa? A DLM Invista nos ajuda a entender.

Onde encontrar oportunidades de investimento em renda fixa? | Rio Bravo

Você sabia que ainda existem oportunidades de renda fixa, mesmo com a Selic em baixa? A Rio Bravo investimentos veio falar sobre o assunto. Confira!

Fundos de renda fixa: tudo o que você precisa saber

Quer sair da poupança? Os fundos de renda fixa podem ser uma opção. Descubra aqui tudo que precisa saber para começar a investir nesse tipo de investimento.

A Selic caiu de novo. E agora?

O Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central decidiu reduzir a taxa Selic mais […]