Pesquise por hashtags, nomes e assuntos

Resultado não encontrado para: ''

Especialistas discutem os impactos do coronavírus nas favelas e startups

Francisco Holanda. 17/04/2020

Na quinta-feira (16), a Pi, fez uma transmissão, ao vivo, com Felipe Bottino, CEO da Pi, Eduardo Lyra, idealizador e fundador da Gerando Falcões e Eduardo Gouveia, investidor em startups, conselheiro do Grupo Moura, Mapfre Seguros e CI&T para discutir como a crise impacta as startups e as favelas e o que podemos fazer para ajudar.            

Edu Lyra contou sua história e de como idealizou a Gerando Falcões, organização social sem fins lucrativos que trabalha para gerar empregabilidade e renda nas comunidades.“Em favelas ficamos muito preocupados com a saúde, mas também com a parte econômica, devido ao trabalho autônomo. Com a economia fechada, esses pais, mães e filhos ficam totalmente descobertos e sem trabalho. O Brasil tem coisas para fazer no curto prazo e o governo tem a sua parte e a sociedade também. Reforço a importância de trabalhar em conjunto, mas de forma rápida, principalmente o governo Federal”, afirma Lyra.

O fundador da Gerando Falcões destacou ainda a importância da campanha “Corona no paredão, fome não”. “Levantamos em 17 dias de campanhas mais de R$ 10 milhões, com 12 mil doadores nacionais e internacionais e distribuímos isso nas redes de ONGs que temos nas favelas por ordem de vulnerabilidade. E nisso entra o valorizar o pequeno varejista local, pois distribuímos esse valor via tíquete de alimentação no total de R$ 100. Eles compram do empreendedor dentro da favela. Temos 200 voluntários cuidando disso e esse valor será recarregado ao longo de 3 meses. Tudo isso auditado pela KPMG”. 

O executivo Eduardo Gouveia falou sobre sua experiência anterior como CEO de grandes empresas e da sua atuação como investidor. “Startups de RH, por exemplo, estão se reinventando para encarar esse momento de crise, mas entendo ser fundamental cuidar das pessoas primeiro. Estabelecer rituais e sempre estar em contato com os seus colaboradores em home office é muito importante, pois todos estão vivendo uma mudança muito grande. A segunda importância é cuidar do caixa, ter um cuidado para não perder clientes e buscar linhas de crédito para manter o negócio saudável. E por último, a criação de produtos com uso de agilidade e rapidez para impulsionar o seu negócio”.

Gouveia reforça que as medidas do governo são efetivas, mas precisa ser mais rápido o dinheiro na conta. “E esse papel não é só do governo, mas sim de todos, principalmente, cuidando das pessoas e ter um papel social. A Bateria Moura, por exemplo, comprou respiradores para um hospital local e pararam a produção de bateria para fazer face shield para hospitais e máscaras de tecido para cidades e comunidades locais. Entendo que comprar do pequeno é fundamental. Temos que fazer a comunidade gerar no entorno que vivemos. O e-commerce tem um papel fundamental nesta mudança, pois todos vão ter que aprender a usar essa ferramenta. Vejo feirantes vendendo via WhatsApp ou aplicativos de compras. Isso é o futuro, mas reforço, temos que olhar para o pequeno varejista”.

Felipe Bottino, CEO da Pi, encerra dizendo que acredita que a sociedade vai sair melhor dessa crise. “Tivemos uma união entre o empresariado na questão social e vejo isso como muito importante para um avanço do Brasil. É fundamental termos uma queda dessa polarização política em nosso País. É momento de união”, afirma.

O sentimento em comum dos três executivos envolvidos nessa live é o de que precisamos ajudar as pessoas em nossa volta e em situação de vulnerabilidade. Todos foram otimistas em falar que vamos sair da crise melhor do que entramos, preocupados muito mais com o planeta e que vai ser doloroso, mas que essa é uma oportunidade de parar as brigas e nos unirmos.

Para assistir tudo que rolou na conversa é só assistir abaixo:

Para outras notícias sobre o coronavírus no mercado clique aqui.

5

Avaliar

Obrigado por votar

Você já votou neste post

Fazer comentário

Notícias relacionadas

As maiores crises econômicas mundiais e o coronavírus

O Covid-19 trás discussões sobre sua relação com outras crises que o mundo já vivenciou. Aqui explicamos sobre antigas crises e sua relação com a atual.

Bolsa tem semana mais tranquila

Publicado em 09/04/2020.

[Ações] É hora de investir, resgatar ou esperar? | Bresser

Atualizado em 01/04/2020. O que fazer com as suas ações na crise do coronavírus? Fazer algo ou apenas esperar o mercado voltar a normalidade? Essas dúvidas Rodrigo Bresser responde.

Especialista reforça a importância da diversificação das carteiras de investimentos em tempos de crise

Atualizado em 30.03.2020. Conheça a opinião do sócio fundador da Nord Research Renato Breia, sobre a importância de diversificar a carteira de investimentos em meio a crise.

Como o cenário macroeconômico influencia seus ativos? | Safari Capital

Você já parou para entender os motivos que levam o mercado a entrar em panico? A Safari Capital fala sobre o cenário macro e sua influencia nos ativos.