Pesquise por hashtags, nomes e assuntos

Resultado não encontrado para: ''

Ainda vale a pena investir em renda fixa? | Sparta Investimento

Suno Research. 30/10/2019

Com o ciclo de queda da taxa de juros brasileira, tem muita gente pintando a caveira dos investimentos em renda fixa. Não é para tanto, explicou o CEO da Sparta, Ulisses Nehmi, à nossa Especialista de Produtos, Gabriela Schor, no último Papo Fundo da Pi, que aconteceu na quarta-feira (16).

“Em qualquer carteira, nós sempre temos que ter uma parcela em renda fixa. Sempre é preciso ter uma parte mais líquida e outra menos líquida. Isso vale para todos, mesmo para o investidor muito arrojado. Tem momentos em que pode ser interessante fazer um rebalanceamento de carteira e é por isso que é importante ter liquidez, mesmo para quem tem um perfil de assumir maior risco”, afirmou.

Na prática, Ulisses está reforçando uma ideia que sempre trazemos no Papo Fundo: a importância de se construir diferentes caixinhas na hora de investir. A primeira, mais líquida, integra a reserva de emergência. Deve ser formada por investimentos líquidos, ou seja, que podem ser resgatados a qualquer hora.

A segunda caixinha é voltada para investimentos de longo prazo, que permitem que o investidor assuma um pouco mais de risco, dependendo do seu perfil de investidor. Aqui, cabem bem os fundos de investimento multimercado, por exemplo.

Por fim, a terceira caixinha é chamada carinhosamente pela Gabi de “pimentinha”. Esta parcela dos seus investimentos pode ser submetida a uma maior dose de risco, com maior presença de renda variável. Ações, por exemplo. Lembrando que isso sempre vai depender do seu perfil de investidor, principalmente do seu apetite para investimentos com mais risco. Se correr riscos não faz muito a sua cabeça, não tem problema! É possível montar uma carteira de investimentos diversificada mesmo assim.

Dividir seu dinheiro em caixinhas é uma prática de diversificação de investimentos, um hábito muito saudável para qualquer perfil de investidor.

Está melhor para renda fixa agora do que antes?

Num país acostumado com taxas de juros de dois dígitos – três anos atrás, a taxa Selic estava na casa dos 14% ao ano -, é no mínimo estranho ouvir um gestor de fundos dizendo que o cenário está melhor para renda fixa agora, com a Selic a 5,5%, do que antes. Mas Ulisses explica a sua percepção.

“Quando a taxa de juros cai, é importante que a taxa de inflação acompanhe. Ter juros de 20% ao ano pode ser bom ou pode ser ruim. Se a inflação estiver em 25% é ruim, mas se estiver em 10%, é ótimo”, explica, fazendo referência aos ganhos reais, calculados quando você subtrai a inflação do rendimento dos seus investimentos.

“Nossa inflação no Brasil tem caído bastante. Ela caiu porque a economia não decolou ainda do jeito que se esperava”, destaca Ulisses. Na comparação histórica, o atual cenário é de juros baixos e inflação baixa, enquanto no passado tivemos juros altos e inflação também alta. É por isso que o investimento em renda fixa não pode ser necessariamente descartado com a queda da taxa de juros. É preciso olhar o todo.

A conclusão é que a renda fixa pode valer a pena, sim, desde que seja buscada dentro de uma carteira de investimentos com foco na eficiência. “Você precisa ter uma carteira equilibrada, que seja robusta em relação às oscilações do mercado”, conclui.

Sobre a Sparta:

Com 25 anos de experiência no mercado, a Sparta administra R$ 6 bilhões e tem mais de 50 mil clientes ativos. É uma gestora de fundos de investimento focada em renda fixa e crédito privado, que conta com quatro fundos de investimento aqui na nossa plataforma:

Sobre o Papo Fundo:

Todas as quartas-feiras, às 11h, nossa Especialista de Produtos, Gabriela Schor, recebe o gestor de um dos mais de mais de 200 fundos negociados na plataforma da Pi Investimentos. A conversa acontece ao vivo no nosso Youtube e é aberta ao público, que pode mandar suas perguntas para serem respondidas em tempo real.

A proposta é aproximar você do gestor do fundo em que você investe ou pretende investir. Aqui na Pi, nós acreditamos na autonomia dos investidores e, por isso, não trabalhamos com intermediários, aqueles profissionais que ficam entre você e seu dinheiro. Dessa forma, conseguimos oferecer investimentos a um custo mais baixo para você.

Com esse canal aberto com especialistas de mercado, você terá em mãos as informações de que precisa para tomar suas decisões de investimento. Nós acreditamos que não existe ninguém melhor do que você mesmo para escolher o que é melhor para a sua vida.

Leia outros posts sobre o Papo Fundo clicando aqui.

Avaliar

Obrigado por votar

Você já votou neste post

Fazer comentário

Notícias relacionadas

Investimentos seguros: onde investir?

Quer conhecer opções que tragam segurança e uma maior rentabilidade que a poupança? Confira essa matéria sobre opções de renda fixa.

O segredo para se manter no azul na crise | Vinci Partners

Conheça o segredo dessa asset para conseguir resultados positivos no meio da pandemia. Entrevistamos a Vinci Partners para entender melhor suas estratégias.

Como o cenário macroeconômico influencia seus ativos? | Safari Capital

Você já parou para entender os motivos que levam o mercado a entrar em panico? A Safari Capital fala sobre o cenário macro e sua influencia nos ativos.

Por que Henrique Bredda trocou dólar por ações? | Alaska Black

Atualizado em 20/03/2020.

Esse é o momento de ser conservador? | DLM Invista

Em um dos períodos mais conturbados dos últimos anos na bolsa, seria hora de voltar as atenções para a renda fixa? A DLM Invista nos ajuda a entender.

Onde encontrar oportunidades de investimento em renda fixa? | Rio Bravo

Você sabia que ainda existem oportunidades de renda fixa, mesmo com a Selic em baixa? A Rio Bravo investimentos veio falar sobre o assunto. Confira!